Ação Social

Comissão Social

A Rede Social é um Programa que incentiva os organismos do setor público (serviços desconcentrados e autarquias locais), instituições solidárias e outras entidades que trabalham na área da ação social, a conjugarem os seus esforços para prevenir, atenuar ou erradicar situações de pobreza e exclusão e promover o desenvolvimento social local através de um trabalho em parceria.

A Rede Social não é uma prestação ou apoio social. Contudo, o trabalho da Rede Social deve permitir uma maior adequação e melhoria da qualidade dos serviços prestados aos cidadãos de um modo geral e, particularmente, àqueles que se encontram em situação de vulnerabilidade.

O que se propõe é que, em cada comunidade, as autarquias e as entidades públicas e privadas: Tenham uma visão partilhada dos problemas sociais que existem nessa área; Definam em conjunto objetivos, prioridades, estratégias e ações; Utilizem de forma mais racional os recursos disponíveis.

A Rede Social tem plataformas de planeamento e coordenação da intervenção social a nível das freguesias (Comissões Sociais de Freguesia e/ou Interfreguesia - CSF/CSIF) e dos concelhos (Conselhos Locais de Acção Social - CLAS).

A CSF da Penha de França foi criada no dia 5 de Junho de 2014, contando com a participação de 25 parceiros locais, com o objectivo de responder às necessidades da população e potenciar os recursos existentes na Freguesia através de parcerias formais.

Instituições

  • Associação Auxílio e Amizade
  • União das Misericórdias Portuguesas - Lar Virgílio Lopes
  • 11ª Esquadra da PSP/5 ª divisão
  • Centro de Educação e Desenvolvimento D. Maria Pia
  • Centro Paroquial e Social São João Evangelista
  • Agrupamento de Escolas Patrício Prazeres
  • José Ferreira (Parceiro Singular)
  • Escola Profissional de Hotelaria e Turismo de Lisboa
  • Associação Coração Amarelo
  • Santa Casa da Misericórdia de Lisboa -UDIP Madredeus
  • Equipa de Apoio à Família 7 SCML
  • Núcleo de Envelhecimento Ativo SCML
  • Serviço de Apoio Domiciliário da Penha de França -SCML
  • Polícia Municipal
  • Rede Social de Lisboa
  • Instituto de Emprego e Formação Profissional
  • Centro Paroquial e Social de Nossa Senhora da Penha de França
  • Agrupamento de Escolas Nuno Gonçalves
  • Associação Alzheimer Potugal
  • Fundação Portuguesa Comunidade contra a Sida
  • Dress For Success Lisboa
  • Agrupamento Centros de Saúde de Lisboa Central
  • Agrupamento de Escolas das Olaias

Espaço Nova Atitude

ENA - Espaço Comunitário situado no Bairro da Quinta do Lavrado, que apoia os residentes ao nível social e da gestão do dia-a-dia, através de consultas de documentação da segurança social, finanças e outros.

No ENA estão disponíveis várias actividades:

Para crianças e jovens, temos capoeira, explicações de matemática e inglês e ocupação de tempos livres/apoio ao estudo.

Para séniores, temos ginástica, estimulação cognitiva, massagens arraiolos e informática.

Av. Marechal Francisco da Costa Gomes Lojas 13,15 e 16
Tel. 216 092 710
Email Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Horário 10h30 às 13h e 14h às 19h

Loja Social

 

Funciona de Segunda a Sexta, com marcação prévia, das 10h às 17h30. A sinalização dos agregados é feita através das parcerias locais e do atendimento social da freguesia.

São efetuadas visitas domiciliárias para atribuição de mobiliário e eletrodomésticos, para melhoramento das condições de vida das famílias residentes da Penha de França.

Uma parte igualmente importante é o apoio a jovens e adultos, no melhoramento da imagem, para inserção no mercado de trabalho.

Praia-Campo Sénior

Atividade dedicada aos séniores da freguesia, a partir dos 55 anos de idade, proporcionando idas à praia complementadas com atividades culturais e almoço.

A Praia Campo decorre durante o mês de Setembro e abrange cerca de 200 fregueses.

Liga-te ao bairro

Partindo dos diagnósticos locais participados que abrangeram este BIP (USER Lx e Curso Territórios Colaborativos – ISCTE-IUL), das propostas que os moradores apresentaram nesses fóruns, e da importância que a regeneração deste espaço devoluto adquiriu nas discussões dos stakeholders locais aquando da votação do Orçamento Prioritário EDP (USER Lx), criou-se a Praça do Estaleiro através do envolvimento dos usufrutuários do espaço no seu planeamento e dinamização.

A população da Qta. do Lavrado foi chamada a contribuir de forma determinante para o sucesso do processo, nas várias etapas de desenho e construção, bem como na dinamização e utilização do novo espaço.

O desenho da Praça do Estaleiro tirou partido da(s) estrutura(s) pré-existente(s), na medida em que o espaço anterior configurava, por si só, um esboço de praça.

Para atingir o objetivo foi essencial:

(1) Reinterpretar os elementos existentes para acolher novas funcionalidades e conceber um espaço público de suporte à dinamização de atividades locais e que possa ser apropriado pelas associações locais;

(2) Pensar, não só nas soluções formais, que pudessem ser executadas face aos pressupostos que subjazem ao exercício do desenho urbano, mas, sobretudo, numa lógica de utilização e manutenção futura do espaço e na sua apropriação pela população, inclusive pela dos bairros contíguos;

(3) Propor usos que pudessem ser propiciadores de convivialidade (social e cultural) e da inter-relação entre diferentes grupos etários residentes nos vários bairros envolventes, como forma de contribuir para a diminuição da segregação espacial e territorial que neste momento caracteriza esta zona da cidade

Praceta dos Pequeninos

Através de parcerias, usando métodos de diagnóstico participado com moradores para ajustar a intervenção às necessidades da população, traduziram-se no projeto ‘BIP/ZIP 2011’ para pintura da ‘Praceta dos Pequeninos’ – espaço público comum usado pela ‘Creche Missão Nossa Senhora’ da SCML e lugar das festas comunitárias –, com participação dos pais e jovens do bairro, e para a construção de um campo polidesportivo, o primeiro espaço de lazer no bairro.

A satisfação e interesse dos moradores pelas alterações redobrou os pedidos de intervenção da população para ações que acentuam a ocupação dos espaços públicos e expectantes do bairro, e de consequências positivas para as relações sociais de vizinhança, bem como para o sentimento de insegurança instalado no Bairro Qta. do Lavrado.

Centro Comunitário NH

O Bairro Horizonte foi construído em 1976 através do processo SAAL, processo que marcou os moradores predispondo-os para a participação efetiva e criou o capital-experiência que tem facilitado a organização comunitária.

O Diagnóstico Participado de 2010, realizado pela Comissão Moradores (agora associação), em parceria com a EIC K’CIDADE e Fac. Arq. UL, teve grande adesão, identificando as principais necessidades e propostas da comunidade. Em parceria, foram trabalhadas questões priorizadas:

Substituição telhados com amianto (2010);

Arranjo e pintura edificado (BIPZIP2011);

Criação do Parque Intergeracional Novo Horizonte com skatepark, campo futsal e área de manutenção (BIPZIP2012e13, JFPF);

Inscrição de acessos pedonais no Plano Ação Local USER (URBCDT 2014/15);

Projeto Orçamento Prioritário EDP-USER para o PINH, votado pelo GAL; e  Início do processo de regularização da propriedade dos fogos, no âmbito da Comissão Executiva local, GABIP ExSAAL/Autoconstrução.

Com cerca de ¼ dos cerca de 250 residentes com menos de 25 anos e 20% com 65+ e a necessidade de espaços de convívio identificada em 2010, a Associação de Moradores Bairro Horizonte promove o Centro Comunitário Novo Horizonte respondendo à falta de espaço comunitário de referência no qual existam serviços em falta: atividades regulares para séniores, crianças, jovens e comunidade, incluindo do Alto Pina e EPUL Varandas do Tejo, priorizando os mais desfavorecidos e isolados.

Este projeto contribui para dinamizar, manter e sustentar o PINH, estando alinhado com o PAL USER.

Sobre a Penha de França

A 13 de abril de 1918 é criada a freguesia da Penha de França. Em 1959, por via de uma reforma administrativa, o seu território é diminuído e parte dele passa a pertencer às freguesias de São João e do Alto do Pina.

Em 2012 nova reforma administrativa volta a reunir São João e Penha de França. É nesta altura que a Câmara Municipal de Lisboa reforça as competências das Juntas de Freguesias.

Contactos

Sede da Junta

Travessa do Calado, nº 2
1170-070 Lisboa
Tel. 218 160 720
Fax 218 160 721
Email geral@jf-penhafranca.pt

Linha Verde

800 209 171


© 2017 Freguesia da Penha de França. Todos os Direitos Reservados. Designed By J. Canão

Search

yeezy boost 350 black yeezy boost 350 moonrock yeezy 350 boost tan yeezy 350 boost oxford tan yeezy 350 oxford tan yeezy boosts 350 yeezy 350 black yeezy 350 moonrock yeezy boost 350 turtle yeezy 350 boost turtle dove yeezy 350 turtle dove yeezy 350 tan yeezy 350 boost black yeezy 350 boost low yeezy boost 350 pirate black yeezy boost 350 low yeezy boost 350 grey yeezy 350 boost moonrock yeezy boost 350 turtle dove kanye yeezy 350